Kansas City, KS - EUA / Jaraguá do Sul, SC - BR

28 de setembro de 2014

Férias 2: Flórida! Parte I #64

Antes tarde do que nunca! Eu sei que nos últimos posts eu consegui aparecer mais frequentemente aqui e também disse que tentaria fazer isso sempre, mas gente, realmente NÃO DÁ! Minha vida ta suuuper corrida, ando trabalhando muito L
Bom, eu já disse por aqui que estava escrevendo um post sobre as minhas férias na Flórida, e hoje acordei e resolvi procurar o post e colocar ele aqui. Ele foi escrito em 14 de janeiro!!! Só que como eu não tinha terminado ele ainda, eu não havia postado. Demorei só 8 meses pra termina-lo, hahaha!

Vou contar minha segunda semana de férias em mais de um post, pois senão irá ficar muuito grande e cansativo. Vamos lá!

O foco principal da minha viagem foi a DISNEY, fui realizar um sonho de criança! Era o ÚNICO lugar que eu tinha na cabeça – ainda no Brasil – que eu queria conhecer antes de voltar pra casa. Deixei esse plano para a minha segunda semana das férias e fui pra Flórida entre 22 e 30 de junho/2013. E já começo aqui dando uma dica: só vá nessa época (verão) se você realmente não tiver outra época pra ir (como eu). Se fosse hoje, eu teria ido pra Disney no inverno e pra Califórnia no verão, mas pelas companhias das férias da Califa eu acabei fazendo o contrário. Mas tudo bem, aproveitei muito as duas viagens do mesmo jeito e tive companhias maravilhosas! :) só que é MUITO quente na Disney nessa época, então se você não tiver outra opção, já vá se preparado pro CALOR!

DIA 1

Dia 21 a Lia (Marília, au pair em KC também, que já falei aqui no blog e que era minha parceira – mas chegou em KC perto de eu voltar pra casa) dormiu na minha casa e fomos pro aeroporto de shuttle dia 22 às 5h da manhã, nosso vôo saiu as 6h. Na escala em Atlanta nos separamos, eu desci em Fort Lauderdale e ela em Miami, porque ela comprou as passagens muito em cima da hora e comprou com escalas bem maiores = mais barato. Fui buscar nosso carro que estava reservado, e peguei um Civic azul, coisa mais linda! A foto é de celular, então não pareceu tão lindo quanto ele era...


Ai fui pro Sawgrass Mill, um outlet (http://www.simon.com/mall/sawgrass-mills). Tem muita loja lá, MUITA mesmo! Mas eu fui na esperança de achar coisas super baratas NÉ, pq toooodo mundo fala que Miami é super barato e blá blá blá, então peguei indicação de uma amiga que mora em Miami há mais de um ano e conhece bem tudo, e ela disse que esse era o melhor outlet. Se eu soubesse, teria passado o dia na praia com a Lia. Hahaha!! Em Kansas City já comprei muuuuita coisa mais barata que lá – ou até tudo mais barato do que lá! Achei super normal o outlet, tem bastante loja – mas em KC também, e os preços eram iguais ou até maiores que em KC. Comprei pouquíssima coisa! Porém, se você mora em uma cidade onde sai “caro” fazer compras, pode ser que em Miami seja mais barato... Mas não pra mim!
Depois fui pro hostel me encontrar com a Lia e com a Tami. Eu só conhecia a Tami via face até então, e conheci ela lá quase chorando, porque ela tinha perdido a carteira, ou seja, estava sem dinheiro nenhum!! E pra PIORAR o idiota do hostel disse que não tinha vaga... DETALHE: ela reservou antes e PAGOU a reserva antecipada. But ok...depois de muita conversa com ele, ela acabou dividindo o quarto com a gente e dormiu na cama de solteiro junto comigo – isso que é amiga! :D *fiquem atentas! O hostel que ficamos foi este: http://www.hostelmiamibeach.com – que por sinal está de site novo, adorei! O hostel é super legal, divertido, tem festa, tem bebida, tem muito brasileiro e muita gente do mundo todo! Porém, achamos muito desorganizado e sujo...a desorganização foi por conta da Tami ter pago e feito a reserva pra chegar na hora e ouvir que não tinha mais vaga...

Buscamos a Vany no aeroporto, boliviana que tb só conhecíamos pelo face. E então fomos nós 4 dar uma volta na rua da praia e paramos pra tomar a limonada mais cara das nossas vidas – um mísero e pequeno copo de limonada por 7 dólares!!! PQP! Mas foi muito gostoso, me senti no Brasil pela primeira vez, na beira da praia, carros com música, muita gente andando na rua, praia do outro lado...parecia que eu tava numa praia aqui no sul! <3



DIA 2

No dia seguinte nós fomos pra praia de manhã e nos decepcionamos!! Pelo menos eu e a Lia... Falam taaaanto de Miami que eu achei que era LINDA, DEMAIS! E confesso que aqui no sul onde eu moro tem muitas praias mais bonitas! Mas mesmo assim valeu :) ai voltamos pro hostel almoçar – eles servem café da manhã e almoço inclusos no preço. O almoço era macarronada, então eu (que sou celíaca) não almocei, né? Super legal, só que não. Descansamos um pouco e fomos pra praia de novo, e ai eu almocei no caminho, em um buffet mais caro que a vida, e super simples! À noite fomos festar! Tomamos uns drinks no hostel – eles tem “esquenta”, conhecemos um pessoal de fora, uns brasileiros tbm, e ai partimos pra festa - o hostel fornece um “ônibus balada” pra ida e pra volta, por $ 25 se não me engano, incluindo os drinks do esquenta. 23h saímos, ameeeei aquele ônibus, hahaha, super divertido! A balada era ENORME não faço idéia do nome da balada - cheia de pistas diferentes. Foi super divertido! Voltamos de táxi pro hostel porque não aguentamos esperar o ônibus – que eu nem lembro que horas voltava.

Hall do hostel, galera no esquenta
No dia seguinte fomos com o carro pra Orlando. Lado negativo de ter carro em Miami: qualquer canto você paga estacionamento, inclusive durante a noite. Então tínhamos que ir e voltar do carro de tempo em tempo pra trocar o tíquete do painel ¬¬ não achamos nenhum estacionamento com pagamento por diária ou algo do tipo próximo ao hostel – e nem sei se tem isso lá! Gastamos uma graninha com parking $$. Enfim, dirigimos e chegamos no hotel em Orlando e íamos devolver o carro, mas acabamos ficando com ele pra ir pro primeiro parque, senão ficaria muito tarde. Ah, aqui a Lia ficou em Miami, somente eu, a Vany e a Tami seguimos pra Orlando.


E no próximo post eu começo a contar a saga dos parques :D
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 comentários:

Mariana Spilborghs disse...

Admiro tua força de vontade de resgatar posts de tempos atrás. Eu se não falo sobre o assunto no prazo de umas 2 semanas, depois perco a vontade de falar disso (a doida). Também fui em junho para a Florida e morri de calor. Queria ter ido em outra época. Depois soube que a melhor coisa para se fazer em junho na Florida é um cruzeiro. Vivendo e aprendendo! Ah e entre agosto e novembro é pior porque é a época de furacões. Ficadica! rsrsr

Seguidores

Posts populares